RIO GRANDE RETOMA O FÔLEGO - Paulo Timm

Baixe aqui: 24a7c57af95364a8e8b287cb09227fab.pdf

Março de 2018

 

 

“Essa situação é conseqüencia dos insuficientes e decrescentes ressarcimentos pelas perdas de receitas estaduais causadas pela legislação federal que desonera tributos estaduais para exportações, seja através do Fundo de Participação das Exportações, IPI-Exportações, da Lei Kandir, do chamado Auxílio Financeiro das Exportações e de outras formas instituídas ao longo do período.” Equilíbrio fiscal e gestão: os desafios das áreas-meio. Rio Grande do Sul: A mudança se faz com todas as forças''. 

Tweet